5 dicas para garantir uma ‘vida boa’ e saudável para seu animal de estimação

5 dicas para garantir uma ‘vida boa’ e saudável para seu animal de estimação

Tem cachorro ou gato em casa? Ou pensa em adotar um filhote para completar sua família? Saiba que para garantir a saúde e o bem estar dos animais de estimação, além do amor ao pet, é preciso ficar de olho em alguns cuidados básicos, que não podem ser deixados de lado. Para te ajudar, separamos uma lista de dicas feitas em parceria com a médica veterinária e coordenadora técnica de pets da Boehringer Ingelheim Saúde Animal Karin Botteon.

Vacinação e visitas ao veterinário

Assim como os bebês humanos, os filhotes de cães e gatos também precisam ser vacinados, para se proteger de doenças.

Ao longo da vida, as vacinações devem continuar, para evitar que os bichos sofram com a leptospirose, cinomose, hepatite infecciosa e parvovirose e outras doenças, que podem ser fatais. Sem contar a vacinação contra a raiva, que além importante, é obrigatória.

Cães e gatos também precisam de acompanhamento médico pelo menos uma vez ao ano. O veterinário é o profissional capaz de identificar possíveis alterações de saúde no pet e ainda orientar o tutor com relação à prevenção de doenças e cuidados, como a administração de vermífugos, vacinas e outras questões que envolvem os pets.

Proteção contra pulgas, carrapatos e leishmaniose

Proteger o animal contra pulgas, carrapatos e a picada de mosquitos também é extremamente importante, já que estes parasitas podem transmitir doenças aos cães e gatos.

E a prevenção é a melhor estratégia, pois quando os parasitas se tornam visíveis, a infestação normalmente já está instalada e será de mais difícil controle. Esta proteção pode ser feita com produtos específicos, vendidos em pet shop e lojas de artigos para animais.

Alimentação

Deve ser feita com uma ração de boa qualidade e balanceada, que é suficiente para suprir as necessidades do pet. Alimentos ‘de humanos‘ e outros como alho, a cebola ou o chocolate, podem ser tóxicos para cães e gatos.

Hoje, a obesidade em cães e gatos também preocupa. Por este motivo recomenda-se adequar a quantidade de ração consumida de acordo com a idade, peso e estado de saúde do animal.

Banhos e escovação

Com uma convivência tão próxima com seus tutores, os banhos são uma realidade na rotina dos animais de companhia. Mas uma frequência muito alta de banhos pode prejudicar a pele e trazer problemas ao pet. O mais aceitável é dar banhos em intervalos quinzenais. E durante o banho não podemos nos esquecer de proteger os ouvidos do pet, para evitar dor e outros problemas.

Já a escovação é sempre bem vinda tanto para cães quanto para gatos, pois ajuda a eliminar os pelos mortos e diminui o acúmulo de pelos no ambiente, já que as trocas de pelagem são mais frequentes nos países tropicais, onde as estações do ano não são bem definidas.

Companhia, passeios e brincadeiras

Cães e gatos precisam de carinho. Existe o mito de que gatos são individualistas e não sentem falta de atenção, mas isso não é verdade. Gatos são animais muito carinhosos e amam a companhia de seus tutores, precisando de interação tanto quanto os cães.

Brincar com seus animais, sair para passear e dedicar tempo para ficar ao lado deles é importante para que eles se sintam amados, acolhidos e felizes. E durante os passeios, não esqueça de ficar de olho e usar sempre coleira e plaquinhas de identificação.

E não esqueça também de providenciar um bom abrigo para seu pet e de pensar na castração, medida que evita doenças para o animal e nascimento desordenado de filhotes!

 

Fonte: http://www.tribunapr.com.br/blogs/mania-animal/5-dicas-para-garantir-uma-vida-boa-e-saudavel-para-seu-cachorro-e-gato/

Deixe uma resposta